Sabor de Escola 2023: Merendeira de Taguatinga leva o título com prato inovador

Compartilhar:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Rosana Leite Pacheco, do CEF 19 de Taguatinga, vence concurso que premia merendeiras mais criativas da rede de ensino; foram 305 inscritas e oito chegaram à final. Fotos: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

A vencedora Rosana Leite Pacheco, com seu escondidinho de carne suína, expressa o desejo de ampliar o apreço das crianças por novos sabores, desafiando a baixa aceitação usual da carne de porco entre os jovens

 

 

No evento do Sabor de Escola 2023, que celebra o talento culinário das merendeiras das escolas públicas do Distrito Federal, Rosana Leite Pacheco, do Centro de Ensino Fundamental 19 de Taguatinga, conquistou o primeiro lugar com seu escondidinho de carne suína. A iniciativa visa destacar o trabalho dessas mulheres e melhorar a qualidade da alimentação escolar.

 

Uma Competição que Envolvem Milhares de Alunos

 

Cerca de 460 mil alunos serão beneficiados com as deliciosas iguarias preparadas pelas oito finalistas do Sabor de Escola 2023, transformando a competição em um verdadeiro “MasterChef” das escolas públicas do DF.

 

Rosana Leite Pacheco – A Criatividade em Destaque

A merendeira Rosana Leite Pacheco, do CEF 19 de Taguatinga, foi coroada como a mais criativa, levando para casa não apenas o título, mas também um prêmio de R$ 9 mil. Seu prato campeão, “Escondidinho a Cara do Cerrado”, com carne suína e mandioca-amarela, promete conquistar os paladares dos estudantes.

 

O Carinho que Fica na Memória

“As merendeiras geram uma memória afetiva nas crianças e adolescentes. Esse é o momento de mostrarmos o trabalho delas e reforçar o comprometimento do GDF com a qualidade da comida preparada nas escolas”, destaca a vice-governadora Celina Leão.

 

 

Valorizando as Mulheres Merendeiras

Com mais de dois meses de competição e diversas etapas, o Sabor de Escola busca valorizar o trabalho das mulheres merendeiras, incentivando a criação de pratos saudáveis e balanceados. As receitas, obrigatoriamente, utilizaram ingredientes do Programa de Alimentação Escolar do DF.

Investimento na Qualidade da Alimentação Escolar

“Esse é um concurso para destacar as mulheres merendeiras. O Sabor de Escola surgiu com dois objetivos: valorizar o trabalho dessas mulheres e nos auxiliar na escolha de ingredientes para o cardápio”, afirma a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá.

 

Melhorias na Experiência Gastronômica nas Escolas

O Governo do Distrito Federal investiu R$ 23,3 milhões para aprimorar a experiência gastronômica nas escolas, incluindo muçarela e manteiga no cardápio. Além disso, há planos para a inclusão de alimentos orgânicos produzidos pela agricultura familiar em 2024.

 

Alimentação de Qualidade Graças às Merendeiras

Graças aos dotes culinários das merendeiras, a alimentação oferecida aos alunos é de qualidade. O GDF tem trabalhado para melhorar ainda mais essa experiência, investindo em insumos locais e incluindo novos itens no cardápio escolar, proporcionando cerca de 578 mil refeições de qualidade aos estudantes do DF.

 

 

01/12/2023 - Escondidinho de carne suína é a receita vencedora do Sabor de Escola 2023

Mais lidas

A FAMA DOS ALAGOANOS VIOLENTOS E O IMPEACH...
Sesc-DF oferece consultas e exames gratuit...
Novos benefícios sociais: Cartão Prato Che...
...