Ação contra o Frio: Abrigos do GDF receberam 275 pessoas em situação de rua

Compartilhar:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Por Mayara da Paz, da Agência Brasília | Edição: Débora Cronemberger

 

 

Os dois abrigos abertos pelo Governo do Distrito Federal (GDF) para acolher a população em situação de rua durante o período de baixas temperaturas na capital já receberam 275 pessoas desde o início desta semana.

Apenas na unidade da Asa Sul, inaugurada na segunda-feira (17), foram 270 atendimentos até a noite de quinta-feira (20). No espaço do Gama Leste foram três atendimentos no primeiro dia de abrigo à comunidade. Ao todo, 258 homens, 11 mulheres, quatro crianças e duas pessoas trans ficaram protegidas contra o frio.

Abrigos do GDF, no Plano Piloto e no Gama, acolhem pessoas em situação de rua para proteção contra as baixas temperaturas | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

As iniciativas para acolher a população de rua fazem parte da campanha Ação contra o Frio. Nos locais, as pessoas recebem jantar e café da manhã, colchão, travesseiro, cobertor e kits de higiene e agasalhos. Parte desse material vem da campanha Agasalho Solidário – iniciativa da Chefia-Executiva de Políticas Sociais idealizada pela primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha.

“Nosso objetivo é proporcionar um ambiente seguro e acolhedor para aqueles que mais precisam, garantindo que encontrem não apenas abrigo, mas também dignidade e conforto durante os dias frios. E por isso abrimos mais um abrigo temporário, para expandir o acolhimento”, afirma a primeira-dama.

Abrigos oferecem refeições e têm atendimento das 19h às 7h, com fechamento dos portões às 22h

“Nesta semana, cerca de 270 pessoas em situação de rua puderam ter uma noite mais quente, com mais dignidade. Refeições, colchão com cobertor e travesseiro, agasalho, banho quente são mais do que ações, são um abraço. O Governo do Distrito Federal tem abraçado a causa da população de rua”, disse a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

O espaço da Asa Sul fica no Centro Integrado de Educação Física (Cief) da 907 Sul. Já o do Gama fica no Centro de Convivência (Cecon) do Gama Leste.

A escolha inicial pelo Plano Piloto se deu pela demanda observada em anos anteriores. Novos locais podem ser abertos conforme a necessidade, e seguirão à disposição enquanto o frio perdurar.

A população em situação de rua será atendida das 19h às 7h, com fechamento dos portões às 22h. Serão acolhidas, por noite, 50 pessoas. Os dois abrigos ficarão abertos todos os dias, de domingo a domingo, enquanto durar o alerta de baixas temperaturas.

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de termômetros em baixa até pelo menos o início da próxima semana, com mínimas oscilando entre 12º C e 14º C. A máxima não deve passar de 27° C.

No data was found

Mais lidas

Semob e PCDF firmam cooperação para uso de...
Tororó: Renovação ambiental garante futuro...
Espanha conquista quarto título na Eurocopa